luanares mariposeantes

"luar luana de ana ar luz assim nasce luana … luanar" E. Lara

Mês: janeiro, 2013

Senhora

Dona da Lua

Que carrega as sementes do fogo sagrado

Em busca da fertilidade sublime

Aonde brote a lótus da pureza

 

Menina de pés descalços

Que sete vezes

Dançou pro cosmos

Anunciando a vinda dos ancestrais

 

Mulher-Alada

Que traz a força dos ensinos eternos

E nos olhos o brilho

Das verdades ocultas

 

Grande-Avó, Irmã e Mãe

Que nos liberta das prisões do ego

Nos amparando a cada morte,

A cada vida

 

Chama divina

Que arde no peito

Dos que secam as lágrimas

No teu véu

 

Esperança

Em forma de vida

Amor puro

Que abre as portas do infinito

 

Perfeição a que se chama natureza

Alimenta essa espiral

De evolução

E revolução

Anúncios

Alecrim

Nascido entre relvas e orvalhos

Banhado no Sol da manhã

Velado por ninfas misteriosas

E encantamentos de deuses estelares

 

Semente trazida pelo Universo

A encher a casa de sorrisos

Gargalhando nos recônditos da tristeza

A Valente filha do Sol